Étnico Urbano – Matéria para Vero (Março 2013)

A jornalista Paula Cardoso, de 36 anos, é a cara da mulher chique: dona de si e esbanjando estilo.

Sabe aquelas mulheres chiquérrimas passeando pelo Leblon no fim da tarde?

Para uma produção com esses ares, um bom truque é investir em peças de estilo étnico, em geral associado a referências da África – como estampas de animais, acessórios marcantes e tons terrosos.

Mas dá para conseguir uma pegada étnica apenas com um detalhe do look. Exemplos: silhuetas mais fluídas, como a da pantalona, tecidos de linho ou acessórios temáticos. 

Como eu já disse antes: ninguém tem um único estilo. Por isso, pode ficar bem interessante brincar com a sutileza de uma peça com alma marcante.

Muito melhor ser reconhecida pela autenticidade do que por vestir determinados temas com exatidão. Mais bacana ser chamada de “estilosa” do que de “roqueira” ou “romântica”.

Então, reflita sobre seus estilos predominantes e não tenha receio algum de trazê-los para seus looks.

Um bom conselho para equilibrar o visual: sempre misture um elemento sexy com outro sofisticado, natural com urbano, criativo com romântico. Ou seja: use, mas com moderação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter
Saiba de nossas novidades